Loading...

Luís Represas



 Biografia:

Luís Represas foi, desde cedo, muito interessado pela música. Prova disso, e?o facto de ter comprado, aos 13 anos, a sua primeira guitarra.

Em 1976, fundou a banda Trovante, juntamente com João Gil, João Nuno Represas, Manuel Faria e Artur Costa, a que mais tarde se juntaram Fernando Judice, Jose? Martins e Jose?Salgueiro, grupo referencia da musica popular portuguesa do pos 25 de Abril e no qual se manteve como cantor ate?ao seu desmembramento.

Em 1992, os Trovante separam-se e Luís Represas inicia a sua carreira a solo, enchendo, por duas noites, a sala mais popular de Lisboa, o Coliseu dos Recreios, em 1994. Um concerto transmitido pela RTP. Com mais de 40 anos de carreira, Luís Represas volta a pisar o palco do Coliseu Lisboa, mas desta vez arriscando em novas sonoridades e explorando outras formas de fazer musica. Depois de ter ficado conhecido por êxitos como “Feiticeira”, “Perdidamente”, “Da Próxima Vez”, “Timor”, “125 Azul” ou “Mariana”, em 2018, o artista português surge com uma nova roupagem e um trabalho discográfico que lhe garantiu a atribuição do Prémio Pedro Osório, pela Sociedade Portuguesa de Autores (SPA).

Editado em maio, o álbum "Boa Hora" foi produzido maioritariamente por Fred Ferreira (Orelha Negra) exceto em dois dos temas que tiveram a participação de Manuel Faria (Trovante) e Francisco Faria. São eles, “Na Curva do Horizonte", com Mia Rose” e “Boa Hora”. Jorge Cruz (Diabo na Cruz) e? responsável por algumas das letras deste novo disco do artista.